Sexta, 22 Janeiro 2021

A drenagem linfática é uma técnica de massagem que trabalha o sistema linfático, estimulando-o a trabalhar de forma rápida, movimentando a linfa até os gânglios linfáticos.

Foto divulgação

A drenagem linfática é uma técnica de massagem que trabalha o sistema linfático, estimulando-o a trabalhar de forma rápida, movimentando a linfa até os gânglios linfáticos. Essa técnica foi desenvolvida em 1932 pelo terapeuta dinamarquês Vodder e sua esposa e, posteriormente, foi aprimorada, tornando-se popular.

A linfa é o líquido existente nos vasos dos gânglios linfáticos. É caracterizada por sua viscosidade, ausência de cor, por conter substâncias orgânicas e inorgânicas, resíduos e toxinas.

A principal função da drenagem linfática é acelerar o processo de retirada dos líquidos acumulados entre as células, e os resíduos metabólicos; encaminhando-os aos vasos capilares e, por meio de movimentos específicos, direcionando para que sejam eliminados. Essa técnica também estimula a regeneração dos tecidos, melhora o sistema imunitário, é relaxante e tranquilizante, combate a celulite e a gordura localizada e ainda melhora a ação anti-inflamatória do organismo.

De forma manual a drenagem é feita a partir de círculos com as mãos e com o polegar, movimentos combinados e pressão em bracelete. Por aparelhos, a drenagem é feita através de um sistema inteligente de computador que infla e desinfla uma espécie de bolsa que assim como a drenagem manual melhora a condição das linfas.

Os principais benefícios da drenagem linfática são:

  • 1.Combater o inchaço e a retenção de líquidos;
  • 2.Ajudar no combate à celulite;
  • 3.Ajudar na recuperação de lesões musculares e articulares;
  • 4.Colaborar na cicatrização dos tecidos;
  • 5.Prevenir aderências cicatriciais após a cirurgia plástica;
  • 6.Reduzir os hematomas;
  • 7.Melhorar a circulação sanguínea, venosa e linfática;
  • 8.Oxigenar os tecidos de forma mais adequada;
  • 9.Colaborar para a eliminação das toxinas do corpo;
  • 10. Melhorar a auto-estima e consequentemente a qualidade de vida.

Assim, a drenagem linfática é indicada nos seguinte casos:

  • Durante a gravidez;
  • Após cirurgia plástica;
  • Após o tratamento do câncer para combater o linfedema;
  • Lesões e traumatismos nos músculos, tendões ou articulações;
  • Durante o período menstrual;
  • Após qualquer cirurgia;
  • Em caso de celulite;
  • Devido ao consumo excessivo de sal e pouca ingestão de água.

A drenagem linfática pode ser realizada com as mãos ou com o uso de aparelhos específicos para drenagem, presente em alguns consultórios, mas a drenagem linfática não deve ser realizada quando há acne severa, graus 3 ou 4 porque pode piorar as lesões ou quando existem feridas abertas, porque podem infeccionar. Após a cirurgia plástica a técnica deve ser realizada após a liberação do cirurgião plástico, normalmente após 24 ou 48 horas da cirurgia.

É possível fazer drenagem em caso de câncer?
É possível realizar a drenagem linfática manual com um fisioterapeuta mesmo em caso de câncer, e mesmo após a retirada de gânglios linfáticos, como acontece em caso de câncer de mama, por exemplo.

A drenagem linfática não espalha as células cancerígenas mas deve ser feita com técnica específica porque o sistema linfático passa a funcionar de forma diferente após a retirada de linfonodos, e a técnica mal aplicada pode ser danosa para o paciente, causando ainda mais desconforto. Assim, apesar de ser possível realizar a drenagem linfática em caso de câncer, deve-se ter cautela na escolha do profissional. Mas não é aconselhado para a drenagem com aparelhos, ou pressoterapia porque seu modo de atuação não pode ser modificado, como acontece com as mãos.

Dessa forma é possível fazer a drenagem linfática manual em caso de câncer ou suas complicações, como o linfedema, com um profissional qualificado, como o fisioterapeuta com formação específica em oncologia, sendo contraindicada a drenagem com aparelhos em clínicas de estética, por exemplo.

Drenagem para Eliminar Celulite

O sistema linfático tem que funcionar bem e deve estar saudável para que não haja o aparecimento de celulite na pele.

A linfa (líquido presente entre as células e que apresenta uma composição semelhante a do plasma sanguíneo) é importante para transportar nutrientes e para remover fluidos e proteínas em excesso e para prevenir o inchaço do corpo.

O sistema linfático serve para manter as células irrigadas, e também para drenar as toxinas, restos do processo de metabolismo e para manter o equilíbrio da hidratação nas células. Quando há problemas de circulação da linfa, ocorre a celulite. A celulite pode também ser originada por má alimentação e falta de exercícios físicos.

Ao entender o funcionamento do sistema linfático, podemos perceber melhor como a celulite aparece. Existem impurezas debaixo da pele, e a linfa não consegue limpar tudo. Estas impurezas misturam-se com gordura e criam pequenos entupimentos sólidos debaixo da pele, a celulite. A drenagem linfática ajuda na sua remoção pois ajuda a soltar estes nódulos entupidos.

A drenagem linfática é indicada para a eliminação de líquidos e toxinas acumuladas,levando à diminuição de medidas do corpo.

Veja mais notícias sobre Saúde e Beleza.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 22 Janeiro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://jtv.com.br/

No Internet Connection