Quarta, 19 Janeiro 2022

AAPV acompanha o andamento do projeto e apoia Projeto de lei que prevê 14º salário a aposentados e pensionistas

AAPV acompanha o andamento do projeto e apoia Projeto de lei que prevê 14º salário a aposentados e pensionistas

"A aprovação do projeto depende de muita mobilização da Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas, das Federações Estaduais e das Associações", afirma presidente da AAPV

Está na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativado Senado, o Projeto de Lei (PL 3.657/2020), de iniciativa popular, que pede a autorização para o pagamento de um 14º salário emergencial aos aposentados e pensionistas do INSS, que somam um total de 35 milhões de pessoas, sendo que 80% delas recebem um salário mínimo mensal.

O relator desse projeto na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa é o senador Paulo Paim (PT-RS), que vê o pagamento desse auxílio como uma questão humanitária.

O Presidente da AAPV Antônio Armando Figueira acompanha com muita expectativa esse projeto, porque com base numa pesquisa, hoje são 43% de brasileiros no grupo de risco, ou seja, acima de 60 anos e que são arrimo de família e para sanar as suas pendências financeiras apelam para empréstimos consignados, que sempre destacamos aqui, acaba se tornando uma bola de neve.

"Os aposentados e pensionistas sustentam toda uma rede familiar. Aqui em Valinhos muitos de nossos associados são arrimo de família, apoiamos a medida, mas sabemos que a aprovação de um projeto desse tipo, depende de muita mobilização da Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas, das Federações Estaduais e das Associações", completa o presidente.

Veja mais notícias sobre Valinhos.

Veja também:

 

Comentários: 1

Eliete em Sábado, 22 Agosto 2020 18:16

Temos que unir força ir nas redes sociais e levantar a bandeira #todosjuntosPL3657/2020 porque somos eleitores, nossos familiares tbm e estamos sofrendo com a pandemia, muitos de nós somos o único suatento da família, filhos que estão desempregados e tiveram o auxílio negado e o presidente ainda acha que não sofremos perdas por isso não ver necessidade de um 14° salário, isso é um absurdo.

Temos que unir força ir nas redes sociais e levantar a bandeira #todosjuntosPL3657/2020 porque somos eleitores, nossos familiares tbm e estamos sofrendo com a pandemia, muitos de nós somos o único suatento da família, filhos que estão desempregados e tiveram o auxílio negado e o presidente ainda acha que não sofremos perdas por isso não ver necessidade de um 14° salário, isso é um absurdo.
Visitante
Quinta, 20 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://jtv.com.br/