Quarta, 27 Janeiro 2021

AUMENTO DO ICMS DEIXA CARROS NOVOS E USADOS MAIS CAROS EM SÃO PAULO

Os carros usados vendidos por lojistas pagarão 207% a mais de ICMS, a partir do dia 15 de janeiro. O que houve foi uma mudança na base de cálculo considerada na emissão da nota fiscal da venda do veículo.

A base de cálculo é o valor do carro na nota. Pela regra antiga, considerava-se apenas 10% do valor do carro para a cobrança dos 18% do ICMS. Agora, o imposto é aplicado sobre 30,7% do valor do carro. Se havia uma redução de 90% sobre a base de cálculo, agora a redução é de 69,3%.

O lojista que negociar um carro usado de R$ 50.000 até 15 de janeiro pagará R$ 900 de imposto. A partir de 15 de janeiro, quando passa a valer a nova alíquota, ele terá que pagar R$ 2.763. O lojista também é obrigado por lei a prestar garantia do veículo.

Não há cobrança de imposto na venda de carros usados por particulares, que também não são obrigados a dar garantia no veículo.

Isso terá um impacto no preço dos carros usados vendidos em lojas em um momento que o setor está aquecido. Com o aumento significativo nos preços dos carros novos desde o início da pandemia, o brasileiro está optando mais por carros usados.

A alíquota do ICMS cobrado na venda de carros novos no estado vai passar dos 12% para 13,3% também em 15 de janeiro.

Justamente por isso alguns fabricantes, que já têm aumentos de preços para janeiro, trabalharão com preços de tabela específicos para São Paulo. Gasolina, etanol e diesel também terão o mesmo aumento da alíquota de ICMS no estado.

Fonte: QuatroRodas

Veja mais notícias sobre Valinhos.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 27 Janeiro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://jtv.com.br/

No Internet Connection