Quinta, 02 Dezembro 2021

CAMPINAS VAI CEDER 800 MILHÕES DE LITROS DE ÁGUA TRATADA PARA VALINHOS PARA O ENFRENTAMENTO DA CRISE HÍDRICA

A ação com Campinas irá permitir a Valinhos receber, diretamente na rede, 25 litros de água tratada por segundo

A Prefeitura Municipal de Valinhos anunciou nesta terça-feira (5), uma ação que deve colaborar para reduzir os impactos negativos do cenário hídrico da cidade de Valinhos, que há semanas sofre com a estiagem que afeta toda a região.

A prefeita Capitã Lucimara propôs a Campinas que pudesse ceder 800 milhões de litros de água já tratada para Valinhos, de forma a colaborar diretamente no abastecimento da cidade e, assim, reduzir os impactos da estiagem que levou o município a implantar o racionamento.

A cidade de Campinas aceitou a proposta e os trabalhos de interligação das redes de Valinhos e Campinas, na altura do Condomínio Vista Valley (Valinhos) e bairro Vila Formosa (Campinas), na rede sob o Anel Viário Magalhães Teixeira deve ser realizado em 30 dias.

A decisão foi comunicada, hoje, em reunião com o Comitê Hídrico, que contou com a presença dos vereadores Thiago Samasso e Salame, assessoria do vereador André Amaral, presidente da AEVAL, Rafael Cossielo, secretário de Assuntos Jurídicos e Institucionais, Dr Argeu Alencar, secretário de Planejamento e Meio Ambiente, Eduardo Galasso, presidente do DAEV, Ivair Nunes Pereira, e demais membros do Comitê.

"Agradeço ao prefeito Dr Dário e ao presidente da Sanasa, Manuelito Magalhães, que entenderam a situação e, de forma colaborativa, num pacto de união entre as cidades, aceitaram a nossa ideia e que, agora, mais do que um ação a ser realizada, torna-se um exemplo de duas cidades irmãs que entendem o aspecto metropolitano que vivemos, o intercâmbio da mobilidade dos moradores de Valinhos e Campinas pela proximidade, e, assim, de modo inédito, estabelecemos uma parceria que, sem dúvida, deve ser um modelo solidário em situações de crise, como temos vivido com a questão da falta de chuva e água", afirmou a prefeita Capitã Lucimara que, inclusive, informou que 33% das residências de Valinhos serão beneficiadas com esta aquisição.

A ação com Campinas irá permitir a Valinhos receber, diretamente na rede, 25 litros de água tratada por segundo, é importante sendo que a cidade manterá o racionamento. Esta ação não irá impactar na distribuição de água aos moradores de Campinas.

A expectativa é que a obra de interligação das redes de distribuição de Valinhos e Campinas aconteça em 30 dias, com a viabilização financeira, já com impacto positivo para a reavaliação do racionamento adotado, porém com a contínua campanha do uso racional da água.

"Devemos, sim, com esta ação equilibrar a pressão da rede mas temos que manter o racionamento do modo como temos implantado, mas que irá permitir a chegada da água para as residências da cidade, sobretudo as regiões mais altas, ao término do dia do racionamento. Permanecemos com a política do uso racional da água e a fiscalização com multas em casos de desperdício. Não há previsões de chuvas que possam ser significativas para a recuperação da captação nos mananciais. Portanto, temos que continuar com a política racional do uso da água, para que, juntos, possamos vencer mais esta etapa com esta conquista para Valinhos", complementou a prefeita Capitã Lucimara.

Veja mais notícias sobre Valinhos.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 02 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://jtv.com.br/