Terça, 24 Novembro 2020

Enfermeira que trabalhava em UPA é a 1ª morte de profissional de saúde por Covid-19 em Indaiatuba

Roseli Maria Ferreira, de 48 anos, era enfermeira da UPA de Indaiatuba (SP) e faleceu de Covid-19 na terça-feira (4) — Foto: Reprodução/Facebook

A Prefeitura de Indaiatuba (SP) confirmou nesta quarta-feira (5) a primeira morte de uma profissional da saúde em decorrência da Covid-19. Roseli Maria Ferreira, de 48 anos, faleceu na tarde de terça (4). Ela tinha pneumopatia crônica.

A paciente era enfermeira na UPA do município desde novembro de 2013. Roseli foi internada no dia 5 de julho, no Hospital Santa Ignes, com o diagnóstico positivo para o coronavírus, e não resistiu às complicações da doença. Ela deixou um filho que tem síndrome de Down.

Amigos e familiares programaram uma carreata em homenagem à profissional de saúde que vai sair da Funerária Mattioni, localizada na Rua Pedro Gonçalves, às 15h desta quarta-feira, e segue até o cemitério Parque dos Indaiás, onde será o sepultamento da enfermeira.

"Boletim de hoje da Roseli Ferreira. Deus escolheu um anjo entre nós pra trabalhar com ele.. Era muita luz pra ficar no meio do vírus. Meu coração dói demais, uma irmã caçula não pode morrer, uma mãe especial também não pode morrer. Senti a impotência de não poder retribuir a tudo que você foi pra nós irmã. Seja recebida por Cristo. Tentarei fazer um milésimo da sua parte. Te amo", declarou a irmã Eva Maria de Araújo, em seu perfil em uma rede social.

Veja mais notícias sobre Valinhos.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 24 Novembro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://jtv.com.br/

No Internet Connection