Domingo, 20 Junho 2021

Gabriel Bueno (MDB) denuncia falta de estrutura e álcool em gel vencido nas escolas municipais de Valinhos

O vereador Gabriel Bueno (MDB) denunciou na tribuna da câmara municipal de Valinhos vários problemas nas escolas municipais, entre eles a constatação de álcool em gel vencido.

Veja abaixo o discurso, na íntegra, do vereador:

"Boa noite presidente, vereadores, público que nos assiste em casa.

Há algum tempo ocupei a Tribuna para falar da minha preocupação com o preparo das escolas municipais para a volta às aulas. E para a minha surpresa e pelo que conversei, para a surpresa de muitos profissionais da Educação, há alguns dias a prefeitura publicou um decreto marcando a volta às aulas para os dias 10 e 24.

Diretores, professores e trabalhadores da secretaria ficaram sabendo pelo decreto ou pelos veículos de comunicação que as aulas iriam retornar.

Fui procurado por servidores da Educação preocupadíssimos com a volta às aulas e suas consequências. Uma série de motivos me foi elencada e me deixou extremamente preocupado.

Esse anúncio foi feito em abril, mês considerado por especialistas o pior da pandemia desde o ano passado, e pelo que dizem, não há projeção de melhora. Nossas UTIs estão com 100% da capacidade preenchida. É hora de falar em retorno? Acredito que não.

Além dos relatos dos profissionais, nós da Comissão de Higiene e Saúde, estamos indo nas escolas. E o que temos constatado é preocupante. Infraestrutura nem sempre adequada, falta de insumos e o mais grave: falta de profissionais, o que já acontecia antes da pandemia. Com o coronavirus, a situação piorou e muitos estão afastados, por comorbidades e outros problemas e não têm como voltar a trabalhar.

Quem vai atender os alunos? Quem vai dar suporte aos profissionais? Temos termômetros nas escolas, mas quem vai medir a temperatura das crianças? Quem vai dar o suporte para garantir o distanciamento, o uso de máscaras por crianças, que muitas vezes são pequenas e não têm a real noção da gravidade da situação.

Como voltar às aulas, mesmo que com a capacidade e horários de aula reduzidos, sem profissionais? Isso ninguém explica. Os diretores se dizem às cegas. Reuniões foram feitas com a Secretaria, mas as dúvidas continuam. Falam em remanejamento, em carga suplementar, em estagiários. Mas ninguém explica os números.

Como voltar às aulas com problemas estruturais nas escolas? Os problemas foram apontados pelo Conselho Municipal da Educação no ano passado e até agora, não estão resolvidos. E acho muito difícil que fiquem prontas até a semana que vem.

E o transporte escolar? Quem vai medir a temperatura dessas crianças antes que elas entrem em contato com as demais nos ônibus? Isso não está claro!

Vimos em escola, galão de álcool em gel que foi comprado e vence amanhã. Estão sendo recolhidos e substituídos. Mas hoje ainda tinha escola que não tinha recebido.

Estamos falando de vida, senhoras e senhores. Vidas de cerca de 11 mil alunos, de centenas de profissionais. São milhares de famílias que serão afetadas direta e indiretamente com esse retorno. Os profissionais estão com medo e com razão.

A prefeitura deveria ter investido na plataforma digital. E não estou falando dessa gestão apenas. A pandemia está aí há mais de ano. Hoje o que vemos nas escolas é cada diretor e cada professor dando o seu jeitinho para educar e cada família tentando dar condições para os filhos aprenderem. Isso é no mínimo um desrespeito, é cruel.

Para que voltar às aulas nesse momento? A própria secretaria da saúde pede que se mantenham os cuidados. Entendo que os alunos da rede pública são os que mais necessitam do retorno às aulas. Mas não desse jeito, nessas condições. A que custo se dará isso? Quais serão os frutos que Valinhos irá colher?

Faço um apelo à secretária, à prefeita. SUSPENDA A VOLTA ÀS AULAS. NÃO É HORA PARA ISSO. É HORA DE PROTEGERMOS VIDAS."

O Jornal Terceira Visão questionará a prefeitura acerca das denúncias apresentadas.

Veja mais notícias sobre Valinhos.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 20 Junho 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://jtv.com.br/