Domingo, 26 Setembro 2021

Óbitos por Covid-19 diminuem, mas números de novos casos continuam alarmantes

Gráfico comparativo

Em comparativo realizado pelo JTV, foram analisados os 20 primeiros dias dos meses de março, abril, maio e junho em comparação a julho deste ano. Foi observada a queda no número de óbitos por Covid-19, mas novos casos continuam em alta na cidade. Em dados fornecidos diariamente pela Secretaria de Saúde, através da Prefeitura de Valinhos, foram registrados 38 óbitos em decorrência do vírus nos 20 primeiros dias de abril (2ª onda), número relativamente maior, em comparação a julho, onde tivemos 22 óbitos atualmente. O dia com mais óbitos em abril, foi no dia 1º com 8 mortes, em contrapartida, julho teve seu pico de óbitos, no dia 14, com 6 (até o momento).

A taxa de letalidade (número de óbitos em relação ao total de casos confirmados) tem caído na cidade de Valinhos desde o início do ano, de 3,12 em dezembro para 2,77 agora em julho.

Já nos meses de março, maio e junho, os óbitos contabilizados foram 32, 15 e 15 respectivamente, lembrando que estes foram apenas nos primeiros 20 dias dos meses. Vale destacar que com o avanço da vacinação, os óbitos tendem a diminuir, porém a transmissão do vírus continua agressiva, como vemos pelos números de novos casos.

Apenas em março, nos 20 primeiros dias tivemos 1.617 novos casos de Covid-19, em comparação a julho onde registramos 1.220. Já nos dias analisados em abril, maio e junho foram 805, 309 e 921 novos casos, um declínio considerável em relação ao mês de julho. Levando em conta estes dados, a curva de contágio continua em uma nova crescente.

Atualmente, a taxa de ocupação dos leitos de UTI na cidade está em: 75% no Galileo e 100% na Santa Casa. A taxa de ocupação de enfermaria é de: 27% no Galileo e 75% na Santa Casa.

Dos 26 leitos disponibilizados pela UPA, nenhum está ocupado por pacientes com sintomas ou aguardando resultados de confirmação de Covid-19. Ao todo, 16.415 casos de munícipes já foram descartados, sendo 143 óbitos.

É importante reforçar que mesmo com o avanço da vacinação, os números de novos casos continuam alarmantes, isto é, devemos continuar seguindo os protocolos de saúde, para que as vacinas façam seu papel de imunizar, devemos também, fazer o nosso. 

Veja mais notícias sobre Valinhos.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 27 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://jtv.com.br/