Domingo, 26 Setembro 2021

VALINHOS ACOMPANHA O PLANO SÃO PAULO E ANUNCIA MEDIDAS DE FLEXIBILIZAÇÃO POR TER QUEDA NAS INTERNAÇÕES

Foto: Prefeitura de Valinhos

Após um período de alta em internações, chegando a ter 118 pessoas internadas nos 2 hospitais da cidade no final da 1ª quinzena do mês de junho, que levou Valinhos a adotar medidas mais restritivas do Estado, a cidade apresentou, nesta quarta, um total de 83 pessoas internadas nos 2 hospitais da cidade, 27,19% de queda em relação ao total de 14 dias. Com este número, a prefeita Capitã Lucimara anunciou, nesta quarta-feira, 7 de julho, que a cidade volta a acompanhar o Plano São Paulo e, assim, adota medidas mais flexíveis, sem descuidar dos protocolos sanitários e do avanço do processo de vacinação. A partir de sexta, dia 9 de julho até 31 de julho, Valinhos aumenta a capacidade de atendimento presencial para 60% e, ainda, o aumento do horário de permissão de funcionamento para às 23hs.

"São medidas importantes que podemos seguir graças às ações de vacinação que temos avançado em Valinhos e as medidas mais restritivas que tivemos que tomar desde o dia 11 de junho. Pedimos a cada valinhense que continuem com os protocolos sanitários de uso de máscara, higienização das mãos e distanciamento, evitando aglomerações e procurando se vacinar assim que os grupos forem liberados com as doses que recebemos do Estado. Seguimos com seriedade, atenção e trabalho, para vencermos este maior desafio das nossas gerações", afirmou a prefeita Capitã Lucimara.

O total de 83 pessoas internadas nos 2 hospitais da cidade, nesta quarta-feira, registram a queda de 27,19% em relação ao registrado há 14 dias e, ainda, acompanham uma tendência de redução nos últimos dias. Ainda, este total, de 83 pacientes, foi registrado pela última vez em 4 de junho, o que confirma esta tendência, após um período de alta. Outro dado importante a se destacar é que o total de pacientes internados nos hospitais não são necessariamente 100% de Valinhos. No Galileo, por exemplo, do total de leitos de UTI Covid ocupados, apenas 10,53% são de valinhenses, o que confirma a importância e o resultado positivo do processo de vacinação na cidade de Valinhos.

Toque de recolher

O toque de recolher continua, com horário entre 23h e 5h a partir de sexta. A recomendação de teletrabalho para atividades administrativas não essenciais e o escalonamento de horários para entrada e saída de trabalhadores dos setores de comércio, serviços e indústrias estão mantidos.

Segue um resumo das alterações da Fase de Transição anunciadas pelo Estado, que valem em Valinhos, com validade de 9 de julho a 31 de julho:

 Shoppings e lojas de rua: atendimento das 6h às 23h, com público limitado a 60% da capacidade total. (acesso até às 22h e encerramento do atendimento às 23h)
 Cultos, missas e outras atividades religiosas coletivas: com distanciamento, controle de acesso, limitado a 60% da capacidade total.
 Restaurantes e lanchonetes: das 6h às 23h, com 60% da capacidade total. (acesso até às 22h e encerramento do atendimento às 23h) somente atendimento em mesas, com protocolos de distanciamento; proibido atendimento em balcões.
 Salões de beleza e cabeleireiros: das 6h às 23h, com 60% da capacidade total.
 Cinemas, teatros, museus, eventos e convenções: das 6h às 23h, com controle de acesso, público sentado, assentos marcados e 60% da capacidade total.
 Academias, clubes e centros esportivos: das 6h às 23h, apenas para atividades físicas individuais agendadas, com 60% da capacidade total.
 Toque de recolher: 23h00 às 5h00
 Recomendação de teletrabalho para atividades administrativas não essenciais

Veja mais notícias sobre Valinhos.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 27 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://jtv.com.br/