Terça, 18 Janeiro 2022

Valinhos planeja vacinação contra Covid-19

A Secretaria da Saúde de Valinhos tem reunido diariamente seus profissionais para planejar a vacinação do público alvo contra a Covid-19 e se adequar ao Plano de Imunização do Governo do Estado. No domingo (10), os integrantes da equipe técnica responsável pela campanha de vacinação elaboraram um documento com dados e a conduta do município para ser entregue nesta segunda-feira (11) ao Governo Estadual.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, a definição de um plano municipal, além de ser de interesse do município, também foi uma solicitação da Secretaria Estadual da Saúde para planejar a logística de distribuição das doses nos 645 munícipios do Estado.

No documento, Valinhos aponta o número de pessoas dos públicos alvos que devem receber as duas doses da vacina, na primeira fase da campanha, a quantidade de insumos (seringas e agulhas) que o município já possuí, quantos profissionais vão participar da imunização e a forma que ela vai ser feita, como postos de vacinação, por exemplo.

Participaram da reunião a secretária de Saúde Carina Missaglia, a diretora da Vigilância Epidemiológica Cláudia Santos, a técnica de enfermagem Silvia Catarina Medeiros, a enfermeira Lânia Wolf Enfermeira, o enfermeiro Glauco César Ceranto, a fonoaudióloga Carina Levreiro, a odontóloga Fabíola Lima, agente administrativo Betania Gomes e o Assessor Especial de Políticas Públicas José Davi.

Como já antecipado na última sexta-feira (8), a Secretaria da Saúde de Valinhos informou que o município está preparado para dar início a uma possível campanha de vacinação contra a Covid-19, caso o Plano de Imunização do Governo do Estado seja colocado em prática a partir do próximo dia 25.

"Nosso município está preparado. Temos um total de 23 mil seringas e 32 mil agulhas que já foram enviadas pelo Governo do Estado para uso exclusivo da vacinação contra a covid-19. Este material é suficiente para este primeiro momento da imunização. O município também conta com câmaras de refrigeração que já estão prontas para receber as vacinas. Portanto, temos a capacidade de dar início à vacinação assim que as doses forem disponibilizadas pelo Governo do Estado", afirmou a diretora da Vigilância Epidemiológica, Claudia Santos.

A Secretaria da Saúde também informou que a ideia é incluir o sistema drive-thru para evitar possíveis aglomerações e diminuir ao máximo os riscos para os idosos. Na primeira fase da campanha, a expectativa é vacinar 13.286 idosos e 2.284 funcionários da Saúde. No município não há indígenas e nem quilombolas.

Sobre a vacina

A vacina a ser utilizada na campanha estadual é a CoronaVac, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac e testada no Brasil pelo instituto paulista Butantan que apresentou à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), na última sexta-feira (8), o pedido de uso emergencial da vacina, ainda em análise pela agência.

Veja abaixo a tabela com os grupos prioritários da primeira fase da campanha de vacinação extraída do Plano Estadual de Imunização do Estado de São Paulo.

Veja mais notícias sobre Valinhos.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 18 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://jtv.com.br/