Quinta, 22 Abril 2021

Valinhos tem o pior desempenho da RMC nos índices de empregos em 2020

No acumulado do ano houve 3.034 demissões, sendo 15.975 admissões e 19.009 demissões

O município de Valinhos teve o pior desempenho entre as 20 cidades da Região Metropolitana de Campinas (RMC). Segundo os dados do CAGED CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) e divulgados pela ACIC (Associação Comercial e Industrial de Campinas), em Valinhos foram eliminados, somente em dezembro de 2020, 414 postos de trabalho, considerando a diferença entre as 1.158 admissões e as 1.572 demissões. No acumulado do ano houve 3.034 demissões, sendo 15.975 admissões e 19.009 demissões.

Em nível nacional, o registrou a eliminação de 67.906 postos de trabalho em dezembro de 2020, resultado da diferença entre admissão de 1.239.280 trabalhadores e a demissão 1.307.1866 profissionais. No acumulado do ano (janeiro a dezembro) de 2020 foram gerados 142.290 empregos, decorrentes das 15.166.221 admissões e da demissão de 15.023.531 trabalhadores com carteira assinada. O comércio foi o segmento que mais contratou, registrando 62.599 admissões. Os serviços, a indústria, a construção civil e a agropecuária eliminaram, juntos, 130.505 postos de trabalho.

A RMC registrou retração do mercado de trabalho em 2020. O índice de queda foi de 252,19%, considerando o saldo negativo de 4.164 postos de trabalho entre janeiro e dezembro no ano passado, contra 2.736 novas vagas no acumulado de 2019. Apenas em dezembro de 2020, na região, foram eliminados 3.100 postos de trabalho, considerando 28.908 admissões e 32.008 demissões. Os dados de dezembro passado comparados com as vagas eliminadas em 2019 (8.487) representam uma variação de 136,89%.

Das 20 cidades que formam a RMC, 15 apresentaram variações positivas no resultado de contratações X demissões. O melhor índice, de 6,09% foi apresentado por Monte Mor, onde foram registradas as contratações de 4.664 pessoas e a demissão de 4.027 trabalhadores em todo o ano de 2020. O segundo melhor índice foi o de Nova Odessa (4,21%), com 9.288 admissões contra 8.440 demissões. As cinco cidades que terminaram 2020 com índices negativos foram Americana (27.808 contratações e 28.294 demissões, com variação de -0,68%), Campinas (143.622 admissões contra 149.328 demissões – variação de -1,50%), Holambra (3.870 contratações contra 4.056 demissões e variação de 2,87%), Sumaré, com 19.598 novas vagas e 18.831 dispensas, o que representa um índice de -0,35% e Valinhos, que apresentou o pior resultados com 15.975 admissões contra 19.009 demissões e variação negativa de 6,80%.

Veja mais notícias sobre Valinhos.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 23 Abril 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://jtv.com.br/

No Internet Connection