Sexta, 30 Outubro 2020

​Vereadores repudiam caso de racismo em condomínio de Valinhos


Os vereadores de Valinhos se posicionaram na sessão desta terça-feira (11), lamentando o caso de racismo praticado contra um entregador em um condomínio da cidade. O fato ganhou repercussão internacional e mobilizou empresários, artistas, profissionais da área e autoridades. Logo no início da sessão, a presidente da Câmara, vereadora Dalva Berto (MDB), defendeu o respeito ao próximo, independentemente da cor da pele, classe social, sexo ou gênero.

"Esta Casa, através dos vereadores que representam a população de Valinhos, tem combatido incessantemente toda forma de preconceito (...) Temos que buscar a igualdade, o respeito ao próximo, sem isso não vamos conseguir construir um mundo diferente, uma sociedade diferente. Uma sociedade que não respeita é uma sociedade falida e nós não compactuamos com isso", discursou.

O vereador Rodrigo Fagnani Popó (PSDB) também repudiou o caso e enalteceu o trabalho dos entregadores que, no momento de pandemia, têm contribuído para a economia e o afastamento social. "Aos motoboys que foram atingidos pelas palavras daquele cidadão, fica aqui a minha solidariedade".

O vereador Franklin (PSDB) disse que o caso de racismo não é isolado. "Pessoas negras e de áreas periféricas sofrem isso corriqueiramente, consequência do racismo estrutural. Isso precisa ser abominado (...) Nesse país tem muitas pessoas brancas em situação de poder, mais do que as negras, mas isso não faz com que elas sejam melhores que as outras. Somos todos iguais", afirmou.

O vereador Mayr (Pode) lamentou a situação, dizendo que o fato entristece a cidade. "Todos os dias nós temos problemas de racismo. Nós precisamos lutar contra isso. A Câmara Municipal, a Prefeitura Municipal, a sociedade de Valinhos tem que dar espaço para a discussão desse tema", defendeu.

Durante a sessão também foram aprovadas duas moções relacionadas ao assunto: uma de autoria do vereador Franklin e outra de autoria do vereador César Rocha (DC), que também se posicionou contra o ato de racismo.

Associação Afro-Brasileira de Valinhos

No mês passado, a Associação Afro-Brasileira de Valinhos foi convidada para estar presente na sessão ordinária. Na ocasião, os representantes falaram sobre os casos recentes de racismo e violação de direitos humanos no mundo.

Fonte:CMV

Veja mais notícias sobre Valinhos.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 30 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://jtv.com.br/

No Internet Connection