Economia brasileira cresce 2,9% em 2023, aponta IBGE

O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil aumentou 2,9% em 2023, atingindo R$ 10,9 trilhões, conforme revelou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esse crescimento foi impulsionado pelo setor agropecuário, que registrou um aumento recorde de 15,1%, o maior desde 1995, ano em que a pesquisa teve início. A indústria e os serviços também apresentaram crescimento, com taxas de 1,6% e 2,4%, respectivamente.

A pesquisadora do IBGE, Rebeca Palis, explicou que o desempenho positivo da agropecuária foi influenciado principalmente pelo aumento na produção de soja e milho, duas das principais culturas do país. Além disso, a indústria extrativa mineral, com destaque para a extração de petróleo e minério de ferro, teve um crescimento significativo.

Rebeca destacou ainda o papel crucial da agropecuária e da indústria extrativa, que juntas responderam por metade do crescimento do PIB. Outros setores importantes foram a geração de energia e a intermediação financeira.

No que diz respeito à demanda, o crescimento foi impulsionado pelo consumo das famílias (3,1%), consumo do governo (1,7%) e exportações (9,1%). A redução de 1,2% nas importações também contribuiu para o resultado. Entretanto, os investimentos (formação bruta de capital fixo) registraram uma queda de 3% no ano.

No último trimestre de 2023, o PIB permaneceu estável em relação ao trimestre anterior. Em comparação com o mesmo período do ano anterior, houve um crescimento de 2,1% no PIB.

Leia anterior

Expoflora 2024 com ingressos promocionais já disponíveis

Leia a seguir

Promoção especial celebra o Dia Internacional da Mulher durante todo março