Pesquisa aponta que estudantes de escolas privadas estão mais vulneráveis ao cyberbullying