Vereadores apresentam novo projeto para instituir Dia das Religiões de Matriz Africana

Os vereadores Marcelo Yoshida (PT) e Gabriel Bueno (MDB) apresentaram, na sessão desta terça-feira, dia 7, um novo projeto de lei para instituir o Dia Municipal das Religiões dos Povos Tradicionais de Matriz Africana. Projeto semelhante a esse foi rejeitado em plenário na sessão do dia 30 de abril, por maioria de votos. Para os parlamentares, instituir a data é uma forma de valorizar os cultos religiosos e a liberdade de crença em Valinhos.

Na mensagem que acompanha o projeto, os vereadores afirmam que há várias datas comemorativas relacionadas a religiões na cidade como o Dia Municipal do Troféu Louvemos (1ª quinzena de novembro), Dia Municipal da Marcha para Jesus (2º sábado de julho), Dia de São Sebastião (feriado de municipal de 20 de janeiro) e Semana da Bíblia (semana que antecede o 2º domingo de dezembro).

“Temos ainda na cidade o Dia do Combate à Intolerância Religiosa (21 de janeiro), contudo, não há nenhuma lei específica para as Religiões de Matriz Africana, que tem muitos seguidores na cidade, com pelo menos 15 casas para professarem sua fé”, destacam os vereadores.

Se dessa vez o projeto for aprovado em plenário, a data de comemoração será o dia 21 de março. O projeto está em análise nas comissões permanentes da Câmara e ainda não há data definida para ser votado.

Leia anterior

Projeto que altera a norma sobre estágios não remunerados na Administração Municipal é aprovado

Leia a seguir

Nathália Lisiê fala sobre sua nova jornada profissional na psicologia